Cálculos Urinários – Hiki e Loa

Cálculos Urinários – Hiki e Loa

HIKI

Espécie: Felina • Raça: - • Sexo: Feminino • Idade: 3 anos

História Clínica:

Gata fêmea não castrada, com 3 anos, condição corporal normal.

Hematúria (presença de sangue na urina), e vocalização durante a micção.

 

Plano Diagnóstico:

  • Análise de sedimento urinário – Cristais de oxalato de cálcio.
  • Exame bactereológico de urina – Presença de Proteus.
  • Ecografia – Presença de 2 cálculos urinários.
 

Tratamento:

  • Remoção cirúrgica dos cálculos urinários.
  • Ração urinária para prevenção do aparecimento de futuros cálculos.
 
 

LOA

Espécie: Felina • Raça: - • Sexo: Feminino • Idade: 5 anos  

História Clínica:

Gata castrada, com 5 anos de idade.

A queixa principal do dono era micção imprópria essencialmente na banheira e no lavatório.

 

Plano Diagnóstico:

  • Bactereológico de urina – Presença de Proteus mirabilis.
  • Sedimento urinário – Presença de cristais de estruvite.
  • Radiografia – Presença de 2 cálculos urinários.
 

Tratamento:

  • Ração urinária.
  • Antibiótico.
 

Manutenção:

  • Radiografia de controlo e continuar com ração urinária.
 

Discussão dos 2 casos (Hiki e Loa):

A hematúria, disúria e polaquiuria são comuns em casos de cálculos e outras doenças urinárias, que são muitas vezes complicadas por infecções bacterianas. Tanto a Hiki como a Loa possuem cálculos urinários, no entanto o plano de tratamento foi diferente já que a Hiki necessitou de remover os cálculos cirurgicamente. Isto deve-se à composição dos cálculos, já que os cálculos de oxalato de cálcio não se conseguem dissolver. Tanto a Hiki como a Loa estão bem de saúde.

Top